Como atrair pacientes particulares

November 13, 2018

 

 Você tem um consultório e sofre com planos de convênios e e planos de saúde? Seus pacientes são do tipo que exigem muito e pagam pouco? Você tem volume de atendimento mas tem pouca rentabilidade?

 

 Nós sabemos que os planos de convênios odontológicos e os planos de saúde médicos realmente tornaram a vida dos profissionais de saúde mais difíceis. 

 

 Muita gente pode argumentar que eles ajudam bastante o profissional que esta iniciando, que não tem "nome" ainda no mercado, mas essa é uma falácia, pois eles enviam para você um tipo de paciente que não quer criar vínculo, mas somente resolver uma transação.

 

 Mas, não se preocupe, existem boas estratégias para atrair pacientes particulares. Mas que você já saiba de antemão: não existe milagre. Existem técnicas que exigem planejamento de marketing, estudo e execução com consistência e ajustes.

 

 Se você está sério no intuito de captar e atrair pacientes particulares siga a leitura.

 

01 - Defina quem o perfil do seu cliente ideal (P.CI.)

 

 O maior erro dos profissionais de saúde é tentarem ser tudo para todo mundo. Um médico genérico, um dentista genérico, um nutricionista genérico.

 

 E quando estamos dizendo genérico, estamos no referindo ao "especialista genérico", algo que soa estranho mas que é facilmente encontrado no dia a dia.

 

 Para dar um exemplo claro: um dentista que se especializa em ortodontia e atende desde crianças de 10 anos a adultos com 40 anos ou mais.

 

 Ora, fica difícil se firmar como uma referência para alguma faixa do mercado sendo tão amplo assim. 

 

 Você precisa segmentar seu mercado, delimitar um escopo bem definido de pessoas que você quer atender, incluindo características tais como:

 

  • Faixa etária

  • Renda

  • Escolaridade

  • Localização geográfica

  • Hábitos de consumo

  • Nichos

  • Etc.

 

 Isso significa que se no exemplo do nosso ortodontista ele tivesse focado em atender mulheres e homens de 25 a 35 anos com curso superior, moradores do bairro onde esta localizado seu consultório e aparece-se uma mãe procurando tratamento para seu filho de 14 anos, ele não iria atender? Claro que não!! Significa apenas que ele não estará buscando ATIVAMENTE pessoas adolescentes, mas sim, pessoas com o perfil do seu público alvo.

 

 A escolha de um público-alvo não é um limitador, mas um delimitador. Ou seja, uma segmentação de um grupo maior de pessoas.

 

 Segmente o seu público-alvo. Esse é o passo primordial para atrair pacientes particulares.

 

02 - Valide se existe o mercado que você esta querendo

 

 Na nossa consultoria de marketing para dentistas e na consultoria de marketing para médicos vemos todos os dias três erros básicos:

 

A -  Profissionais que tem certeza que sabem qual o seu público-alvo

 

 Na verdade eles tem uma noção muito rasa e precisam trabalhar com muito mais detalhe quem são as pessoas e as características de consumo do seu grupo de interesse.

 

B - Eles não tem ideia se o público-alvo que eles querem existe

 

 Esse talvez seja o grande erro dos profissionais de saúde. Muitos escolhem atender um público classe B em situações em que as pessoas da região são classe C e D.

 

 Outras vezes eles acreditam que existe um número suficiente de pessoas interessadas em comprar determinado serviço, como por exemplo, facetas de porcelana ou tratamentos dermatológicos estéticos. E na prática não existe este mercado na região de atuação deles. Não no volume suficiente para gerar negócios que sustentem suas clínicas ou consultórios.

 

C - Eles ignoram a concorrência ou nivelam seus serviços pela concorrência

 

 Dois erros que são irmãos gêmeos. Por um lado o profissional tem um conhecimento superficial do que os concorrentes fazem, do preço que cobram, dos seus diferenciais. Não sabem nada ou muito pouco sobre a concorrência.

 

 Por outro lado, tem aqueles que são quase uma cópia dos concorrentes: no preço, no serviço, na tecnologia, no atendimento, etc. Não tem diferenciais.

 

Preste atenção, para atrair pacientes particulares você precisa validar se o público-alvo que você definiu no passo 01 existe, em que volume, quais os concorrentes estão oferecendo o mesmo serviço que você e criar algo que seja diferente (não melhor) que os demais players do seu mercado.

 

Conclusão

 

 Atrair pacientes particulares é o sonho de todo médico, dentista, nutricionista, fisioterapeuta e qualquer consultório ou clínica por todo o país.

 

 Nós temos ajudado profissionais de saúde nos últimos 20 anos a atrair pacientes particulares. Nessa jornada nos percebemos que esses profissionais precisam se atentar para 3 aspectos fundamentais:

 

01 - Definir com precisão o perfil do seu cliente ideal.

02 - Validar se no mercado que estão inseridos existe uma quantidade suficiente de pessoas com o perfil do cliente ideal.

03 - Criar uma proposta única de valor (PUV) que seja diferente (não melhor) que seus concorrentes que disputam o mesmo mercado.

 

 Se você gostou desse artigo e ele foi útil para você compartilhe com seus amigos e outros profissionais da sua área.

 

 Se você quer ajuda para montar e executar uma estratégia para atrair pacientes particulares para seu consultório ou clínica entre em contato conosco e fale com um especialista em marketing para empresas de saúde.

 

 

Senior Marketing

(11) 3254-7451 | atendimento@seniormarketing.com.br

Especialistas em atrair pacientes particulares

 

Please reload

Featured Posts

Marketing odontológico guia definitivo

November 14, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts

November 6, 2019

Please reload

Archive
Please reload