Como calcular a lucratividade e a rentabilidade da sua clínica

February 14, 2018

 

Depois de mais de 18 anos executando consultoria de gestão e marketing para clínicas médicas e odontológicas em todo o país, constatamos que existe muita confusão por parte dos profissionais de saúde sobre os conceitos de lucratividade e rentabilidade.

 

  Inclusive, existem muitas franquias ludibriando os profissionais de odontologia falando em "rentabilidade média de 25% ao mês", quando na verdade estão se referindo a lucratividade.

 

  Com o intuito de ajudar você que assim como nossos clientes de consultoria de gestão e marketing em odontologia e medicina tem a mesma dúvida, vamos explicar aqui como se calcula e a relação entre lucratividade e rentabilidade.

 

 Lucratividade

 

  Antes de falar em lucratividade é preciso ficar claro o conceito de lucro. Grosso modo e para efeitos de simplificação que esse artigo exige, lucro é a receita de vendas menos as despesas e custos, tributos e deduções.

 

  Com certeza você sabe (ou deveria) que a receita de uma venda de um serviço na sua clínica não vai inteira para seu bolso. Parte da receita é direcionada para o pagamento das despesas de operação do negócio como a folha de pagamento dos funcionários da clínica, o aluguel, água, luz, telefone e qualquer outra atividade necessária para fazer a clínica funcionar independentemente da quantidade de clientes a serem atendidos. Esse custo é chamado de fixo e essa parcela de lucro destinada a ele de margem de contribuição.

  

Existe farta literatura no mercado sobre lucro, margem de contribuição, despesas fixas e variáveis, portanto não vamos nos alongar no tema. Se tiver dúvidas sobre cada item sugerimos que faça um pesquisa no Google.

 

 O chamado lucro líquido é o que de fato sobra da receita líquida deduzida as despesas fixas. Por que é importante conhecer o lucro líquido? Porque ele é chave no cálculo da lucratividade.

 

 A lucratividade da sua clínica pode ser calculada usando a seguinte fórmula:

 

 Vamos fazer um exercício prático. Se seu Lucro Líquido em um determinado mês foi de R$ 15.000,00 e sua receita bruta (vendas totais) foram de R$ 50.000,00 sua lucratividade foi de 30%. Um excelente número. 

 

Rentabilidade

 

  Outro indicador muito importante que você deve acompanhar na sua clínica é a rentabilidade. Na verdade esse indicador deveria balizar sua decisão de investir ou não em um determinado negócio. Isso porque a rentabilidade demonstra se você deveria investir o seu capital em uma aplicação financeira que tenha uma taxa melhor de retorno do investimento ou mesmo partir para outro negócio.

 

  Mas, partindo do pressuposto que você não é um investidor e que ter um negócio na área de saúde é uma decisão sem questionamentos, a rentabilidade deve ser um direcionador e não um fator de decisão de investimento.

 

  Da mesma forma que no cálculo da lucratividade você deve usar o lucro líquido de um período como referência. Mas, sua base de comparação não é a receita bruta e sim o investimento realizado na montagem da clínica.

 

 O investimento representa todos os gastos iniciais com aluguel / compra de ponto, reforma, mobiliário, licenças, contador, contratação de pessoal, despesas com marketing, etc.

 

 A fórmula para cálculo da rentabilidade é a seguinte:

 

 

 

  

Façamos um exercício. Supondo que seu lucro líquido é de R$ 15.000,00 no mês e seu investimento total para montagem da clínica foi de R$ 250.000,00, sua taxa de rentabilidade no período foi de 6%.

 

 

 Mas sozinhos a lucratividade e rentabilidade  são números enganosos. Sua clínica pode ser lucrativa mas não ser rentável.  Da mesma forma uma negócio rentável com baixa lucratividade também não será eficiente.

 

 Ambos indicadores precisam ser analisados em conjunto para tomada de decisão. Na dúvida sempre consulte um consultor de gestão especializado em clínicas médicas e odontológicas.

 

 Conclusão

 

 Os indicadores de lucratividade e rentabilidade são índices fundamentais na análise da saúde financeiro de uma clínica.

 

 É preciso ter uma boa apuração do lucro, da margem de contribuição, do faturamento bruto, do lucro líquido, das despesas fixas e variáveis para que o cálculo da lucratividade e rentabilidade sejam efetuados com precisão.

 

 Se você precisa avaliar sua clínica e verificar se ela esta dentro dos parâmetros de mercado em termos de lucratividade e rentabilidade, entre em contato conosco e converse com um consultor de gestão em saúde.

 

Sênior Marketing

Gestão e Marketing em Saúde

 

  

 

 

 

Please reload

Featured Posts

Marketing odontológico guia definitivo

November 14, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts

November 6, 2019

Please reload

Archive
Please reload