Buscar
  • Sênior Marketing

Marketing para médicos não são somente redes sociais


Já não é preciso muita conversa para convencer a classe médica de que eles precisam investir em marketing.

Sim, a grande maioria dos profissionais de medicina, em especial aqueles que trabalham com procedimentos relacionados à estética, beleza e bem estar já tem uma compreensão básica do papel do marketing na medicina.

Mas, muitos dos profissionais de medicina que já investem em marketing ainda estão restritos a camada da publicidade e propaganda, e mais ainda, no canal digital.

Se você procurar analisar a atuação e o investimento de médicos em marketing verá que 99% deles estão investindo em marketing digital, especialmente no combo: site, redes sociais e Google.

Sem lugar a dúvidas, o canal digital é fundamental para alavancar a presença do profissional, sua visibilidade e para mostrar o seu posicionamento perante o seu público alvo.

Mas essa é uma visão limitada do marketing médico e por se limitada, traz ao longo do tempo resultados limitados, frustando muitas vezes os profissionais que fazem investimentos em marketing médico.

Qual o verdadeiro papel do marketing médico?

A função primordial do marketing na medicina é entender, atender e superar expectativas de um grupo específico de pacientes.

Ora, percebe-se que pela descrição acima, o contexto do uso do marketing médico é muito mais amplo do que simplesmente a publicidade e propaganda médica.

De fato, o marketing na medicina exerce papel preponderante em 3 fases distintas, a saber:

01 - Definição do mercado

Pesquisa de mercado, estudo das personas, ou seja, personificação do público alvo, indo além das característicos sócio-demográficas de uma camada da população, mas chegando a nível de conhecimento profundo sobre os desejos, medos e anseios do paciente alvo, levando a construção da entrega de um serviço médico sobre medida para atender e superar as expectativas do paciente alvo, tornando assim não somente um paciente fiel como também um divulgador e advogado a favor da clínica e do profissional.

02 - Escolha da mensagem

Definição da proposta única de valor (P.U.V.) do profissional e da sua clínica, deixando claro perante o público alvo porque ante uma gama de profissionais de um determinado segmento, o cliente deve escolhe-lo e não os seus colegas / concorrentes.

03 - Escolha dos canais de mídia

Aqui sim entra a fase final ou seja, a ponta do iceberg que é a escolha dos canais onde médico vai levar sua publicidade médica demonstrando sua proposta única de valor para um mercado formado por pacientes com gostos e expectativas bem definidos, maximizando assim as chances desse profissional / clínica captar melhores pacientes particulares pagantes.

Conclusão

O marketing médico tem um escopo amplo e passa desde a concepção do perfil do paciente alvo, a montagem da clínica, a definição da forma como o serviço será entregue que deve ser sempre dentro das expectativas e desejos do paciente alvo e a seleção e apresentação da proposta de valor nos canais adequados

Você quer investir em marketing médico mas não tem certeza sobre como fazer? Conte com a assessoria de uma empresa de marketing médico de nível mundial. Ligue para nós e converse com um consultor de marketing médico.


Sênior Marketing

Marketing na medicina

#marketingnamedicina #marketingparamédicos #marketingmedico #publicidademédica

10 visualizações
Senior Marketing.png