Buscar
  • Sênior Marketing

Como manter sua clínica viva na mente dos seus pacientes


Como manter sua clínica viva na mente dos seus pacientes e aumentar a sua lucratividade É unânime. Todos os profissionais de saúde que conversamos em nossa consultoria de marketing médico e na nossa consultoria de marketing odontológico tem o foco na captação de pacientes novos.

Ninguém discute a importância de ter um fluxo permanente de novos e bons pacientes pagantes entrando para sua carteira de clientes todos os dias.

Mas, no disputado mercado de saúde do nosso país, captar bons pacientes particulares tem se tornado cada vez mais uma tarefa hercúlea.

É por isso que você como gestor da sua clínica deve ter cada vez mais cuidado com a sua base de paciente ativos.

De fato, sua carteira de pacientes atuais vale ouro. O que acontece é que a grande maioria das clínicas não sabe bem o que fazer, ou melhor, não fazem nada para extrair mais negócios dos seus atuais pacientes.

Esse artigo não pretende exaurir o tema que é amplo e estratégico, mas pretende lançar um alerta para você gestor de clínica, lembrando que muito dinheiro fica literalmente "em cima da mesa" porque você não tem um programa estabelecido de relacionamento com os pacientes que já fazem parte da sua carteira.

Se você quer aumentar o ciclo de vida de cada cliente na sua clínica, ou seja, o tempo e o retorno financeiro que cada paciente produz no relacionamento que ele mantêm com a sua instituição, você precisa investir em relacionamento.

E quando dizemos relacionamento não estamos nos referindo as cartinhas de retorno e aniversário, que já estão pra lá de ultrapassadas nesse tempo em que a atenção e o dinheiro do seu cliente é disputado não só por outras clínicas, mas literalmente por centenas de outros negócios.

O que fazer?

Vamos passar para a prática. Se você quer se manter ativo na mente do seu paciente e com isso ocupar a posição número 1 como prestador de serviço da sua categoria na hora que ele precisar de um serviço como o seu, precisa investir em ações práticas, tais como:

01- Manter um banco de dados ativo e organizado com informações dos seus pacientes, tais como: Nome, dados pessoais, tratamentos realizados, etc.

02 - Manter o histórico de visitas do pacientes à sua clínica;

03 - Montar um calendário de ações que misture informações e promoções, de acordo com o perfil do paciente. Muita gente acredita que basta mandar um newsletter mensal para TODO mundo da sua base de forma homogênea.

Isso não funciona. Aliás, nunca funcionou. Pense em você mesmo como consumidor. Você compra uma televisão naquela grande loja de varejo online e começa a receber Newsletters que contêm promoções de aparelhos de home Theater, de caixas de som e outras coisas correlatas.

Mas mesmo essa estratégia ainda é falha. Não basta só enviar promoções, promoções e mais promoções, até porque na área de saúde esse tipo de oferta passa por uma linha tênue entre o que é permitido ou não pelos conselhos.

É preciso mandar informações uteis para os clientes da sua base conforme as necessidades e interesses deles. Então, se você tem uma clínica odontológica, por exemplo, deve segmentar sua base por tipo de tratamento (ortodontia, implantes, etc) e montar ações informacionais e promocionais de acordo com o perfil desse paciente.

E muitas vezes uma ação promocional pode (deve) estar escondida atras de uma ação de informação e educação do seu paciente conforme o interesse dele. É o caso de um boletim enviado para pacientes de ortodontia, por exemplo, mostrando os avanços dos tratamentos modernos e associando a última tecnologia a disponibilidade dela na sua clínica.

Nos estamos na era da informação. Existe um excesso dela por ai. Muito do que é ofertado pelos prestadores de serviço é descartável porque existe em abundância. Então, seja original. Se o seu conteúdo é exatamente o mesmo que o de outros profissionais você precisa ser original na forma como explica o conteúdo ou na forma como distribui esse conteúdo.

A internet e seus diversos canais estão ai para favorecer que ações de marketing médico ou marketing odontológico sejam realizadas com amplo alcance e relativo baixo custo.

Mas cuidado! Não se trata de dar informações de graça. É preciso que o objetivo final esteja claro: manter um longo período de relacionamento com a sua carteira de pacientes de forma que esse relacionamento seja vantajoso para o cliente na forma de um excelente serviço com valor agregado, e lucrativo para sua clínica na forma de pacientes fidelizados.

Se você quer saber mais como montar uma estratégia para fidelizar seus pacientes e precisa de ajuda de uma empresa especializada em marketing na medicina ou marketing na odontologia, entre em contato e faça como dezenas de clientes: diferencie-se e lucre!


Senior Marketing Marketing para empresas de saúde

#marketingmédico #marketingnamedicina #marketingodontologico #marketingparadentistas

0 visualização
Senior Marketing.png