Buscar
  • Sr. Site

Médico precisa fazer marketing?


Uma das perguntas mais recorrentes na nossa consultoria de marketing para médicos é: médico precisa fazer marketing?

Por que o médico deveria investir em marketing? Afinal, o que é marketing na medicina? É preciso que fique claro que marketing na medicina não tem a mesma função do marketing no varejo ou para empresas que comercializam outros tipos de serviços e produtos.

Entretanto, o conceito fundamental do marketing permanece: o marketing tem a função primordial de entender e atender as necessidade de um público muito específico.

Ora, se você é médico, tem uma especialização, seu público alvo são as pessoas que necessitam dos seus conhecimentos. Para que elas sejam bem atendidas, é necessário que elas conheçam você, compreendam como você pode ajuda-lás e confiem em você para poder contrata-ló.

Nada vai acontecer, nenhum paciente vai chegar até você sem alguma atividade de marketing. Mas, você pode pensar: eu nunca fiz nenhuma ação de marketing, todos meus pacientes vem através de indicação. Pois saiba você que a indicação é uma forma de marketing. De alguma forma, você trabalhou os elementos de marketing na saúde, ainda que de forma inconsciente e com isso conseguiu gerar novos pacientes através das indicações.

Mas cada vez mais o profissional de medicina não pode mais esperar que somente as indicações gerem novos pacientes. Esta cada vez mais difícil conseguir bons pacientes particulares. Os planos de saúde tomaram de assalto a agenda dos médicos e aqueles que tentam fugir dessa verdadeira prisão tem tido dificuldade de captar pacientes particulares, que por sua vez, tem dificuldades de entender o porque deveriam pagar uma consulta particular já que tem acesso a uma lista de profissionais dentro do seu plano de saúde.

É exatamente para sanar o problema descrito acima que o médico precisa investir no marketing médico. Vamos ver mais abaixo como o marketing na medicina pode tirar o médico dessa prisão chamada plano de saúde.

O mix de marketing

Tudo que é abundante não tem valor ou tem baixo valor. Para aumentar o valor percebido pelo cliente e fazer com que ele esteja disposto a investir em uma consulta particular é preciso que o médico calibre corretamente o seu composto de marketing ou mix de marketing.

O mix de marketing médico é formado pelo tripé:

Mercado

A qual público específico o médico quer dirigir seu atendimento e prática. Comece listando quem você não quer atender. Por exemplo: pacientes de planos de saúde. A partir dai comece a listar as características do seu paciente ideal: qual sua faixa etária, onde ele mora, quais os motivos que o levam a procurar um médico com sua especialização (prevenção, tratamento, etc), qual sua faixa estimada de renda.

A montagem dessa persona, ou seja, a personificação de um paciente ideal, não é uma achismo, mas sim, uma modelagem a partir de pacientes que você já tem e que possuem as características que você desejaria ver nos demais.

Se você ainda não tem pacientes particulares, tente avaliar quais seriam essas características do paciente ideal e monte sua persona. Você pode ter mais de uma persona, mas não é legal ter muitas personas diferentes.

Sempre ensinamos aos nossos clientes da nossa consultoria de marketing para médicos que o conjunto de personas forma o seu mercado. Quanto mais tempo e esforço você dedicar a detalhar suas personas mais chances de sucesso você terá na captação de pacientes particulares com as características que você deseja.

Mensagem

Se você é um cardiologista em São Paulo vai ter centenas ou talvez até milhares de colegas com quem terá que disputar um lugar na mente e na preferência do seu paciente ideal.

Mas não se desespere. Quem leva a preferência do paciente não é o que tem o melhor currículo, nem quem formou na principal universidade ou que tem o consultório mais bonito. Tudo isso conta, mas não é o principal.

Grave essa verdade do marketing médico: quem ganha a preferência do paciente ideal é quem tem a melhor mensagem.

A mensagem é o posicionamento que você vai plantar na mente do seu paciente ideal. É como você deseja ser visto pelo seu paciente ideal.

Essa mensagem ou posicionamento é construída. Ela não vem de graça. Hoje, com o advento e popularização da internet, todos os médicos podem construir um posicionamento forte perante o seu paciente ideal se levar até ele a mensagem correta.

Se você investiu o tempo correto no passo 1 entendendo quem é o seu mercado, quem são suas personas, vai saber de cor quais são as "dores" ou motivações que levariam seus pacientes a procurar sua ajuda médica.

É a partir do entendimento das motivações dos seus pacientes que você vai produzir conteúdo e distribui-lo de forma inteligente como ensinamos em nossa consultoria de marketing para médicos, de forma a criar uma reputação forte para quem realmente te interessa: seus pacientes ideais.

No nosso dia a dia com consultoria de marketing médico vemos como médicos que investem em marketing são mal assessorados e falham miseravelmente ao tentar construir uma reputação investindo na criação de conteúdo que agrada a outros médicos e não a quem paga a sua consulta, o paciente.

Meio

Uma vez que você médico determinou quem é o seu paciente ideal, já sabe o que lhe tira o sono, como pode ajuda-ló, produz informação que esclarece e educa esse paciente ideal, agora chegou a hora de escolher em quais canais distribuir essa informação que vai ajuda-ló a se posicionar perante seu paciente ideal.

Esses canais podem ser online (redes sociais, Google, Sites, etc) e também offline (assessoria de imprensa, relações públicas, etc).

Geralmente, uma combinação das duas estratégias é que dará um resultado mais concreto para o médico no médio e longo prazo.

Conclusão

O médico deve sim investir em marketing médico. O marketing na medicina não é uma forma de enganar o paciente. Cada dia que passa cresce o número de formados buscando um lugar ao sol no ramo da medicina. Essa concentração de médicos faz com que aos olhos dos pacientes todos sejam exatamente iguais.

E quando tudo parece igual, o valor se deprecia, ficando o médico refém de planos de saúde para gerar agenda.

Se você achou essas informações uteis, compartilhe com seus colegas médicos. Se precisa de ajuda para melhorar a sua carteira de clientes, captar pacientes particulares e buscar um consultório ou clínica mais rentável, conte com a experiência de uma empresa de marketing para médicos com vivência no Brasil e Europa. Clique aqui e deixe seus dados que entraremos em contato com você.

Sênior Marketing

Marketing para médicos

#marketingparamédicos #marketingmédicos #marketingnamedicina

0 visualização
Senior Marketing.png