Buscar
  • Sr. Site

Como criar um plano de marketing para odontologia em 4 passos


Nunca comece a divulgar sua clínica pelas ferramentas. O que isso quer dizer? A grande maioria das clínicas odontológicas não investem em um plano de marketing odontológico. Elas simplesmente começam de trás para frente: investem em ferramentas tais como Google, Facebook, jornal, revista, panfletos, etc. Esta errado!!

Siga os 4 passos abaixo para montar um plano de marketing odontológico fácil e rápido para sua clínica que vai ajuda-ló a maximizar os resultados de marketing para sua clínica:

Passo 1 – Diagnóstico de Marketing

Você tem que ter as respostas para as perguntas abaixo:

  • Quem é meu cliente atual (Sexo, faixa de renda, comportamento de compra, etc)?

  • De onde eles vem?

  • Como eles chegam até nossa clínica?

  • Que tipo de tratamento eles mais procuram aqui?

  • O que eles valorizam? Peço? Qualidade? Rapidez? Facilidade de pagamento? Um misto disso tudo?

  • Existe alguma política de relacionamento com os atuais pacientes?

  • Existe algum premiação para pacientes frequentes?

  • A clínica faz algum tipo de investimento permanente em marketing? Em que canais? Tem resultados? Quanto?

Uma empresa de marketing para dentistas pode te ajudar a determinar o momento atual de marketing da sua clínica, mas de qualquer forma é preciso dedicar tempo e ser bastante honesto ao investigar como sua clínica investe ou não em marketing odontológico hoje.

Passo 2 – Examine suas vantagens e Desafios

Você já ouviu falar de análise SWOT? Bom, para simplificar, trata-se no final das contas de uma avaliação sincera da sua clínica em relação a 4 aspectos:

Forças – o que você faz bem feito, quais são os pontos fortes tanto tecnicamente quanto em termos de recursos físicos, financeiros e de pessoal.

Fraquezas – Ok, sinceramente, você tem alguma fraqueza? O que sua clínica não faz tão bem? Ou o que sua clínica precisaria ter para se sair melhor em relação a concorrência? Falta algum equipamento? O capital de giro é curto? Não existe uma política salarial para os funcionários? Veja, nem todas as fraquezas se resumem ao dentista. Uma avaliação de marketing odontológico deve investigar as fraquezas da clínica como um todo, de forma sincera e honesta.

Oportunidades – Você tem um cirurgião renomado trabalhando na sua clínica que domina uma técnica ultramoderna. É uma oportunidade? Somente se for adequadamente explorada no seu marketing odontológico.

Ou talvez na sua região existam muitas crianças e você é um odontopediatra de primeira. Da mesma forma, se souber aproveitar a oportunidade vai ser ótimo.

Veja, as oportunidades estão no mercado mas são sempre casadas com o que você tem para oferecer. Não adianta nada o mercado demandar alguma coisa que você não esta apto a oferecer.

Ameaças – A franquia XYZ vai abrir uma unidade do outro lado da rua. É uma ameaça? Provavelmente já que franquias são agressivas comercialmente.

Ameaças também vêm do mercado. Existem algumas ameaças que não podemos enfrentar e nem mudar, apenas monitor e acompanhar. Já outras ameaças, nos temos como, inclusive antecipar e atuar sobre elas a nosso favor. Tai mais um exemplo do porque é tão importante criar um plano de marketing para dentistas.

O importante ao final dessa análise é determinar o quão acima ou abaixo você esta da sua concorrência direta e a partir dessa análise criar um plano de diferenciação.

Diferenciar-se na odontologia não é simples. Mas você pode sempre contar com a nossa consultoria de marketing para dentistas para montar uma proposta única de valor para sua clínica. Isso é algo exclusivo que a Sênior Marketing desenvolveu em 17 anos de mercado e dificilmente você vai conseguir fazer isso sozinho.

3 – Pesquise o seu mercado alvo

Pesquisas deveriam fazer parte do cotidiano de todas as empresas. Acontece que na odontologia a grande maioria das clínicas não monta um plano de marketing odontológico e então passam batido por essa importante fase que é a pesquisa de mercado.

Pesquisar o mercados é “auscultar o pulso” dos clientes. É verificar in loco se existe realmente uma demanda para o seu negócio.

É uma bobagem sem fim acreditar que a Odontologia é um serviço com demanda natural, simplesmente por ser um serviço de saúde. Não é. De fato, a odontologia é uma demanda negativa e a grande maioria dos pacientes que as clínicas odontológicas atraem são os pacientes de transação, ou seja, aqueles que não querem um relacionamento com sua clínica, mas somente realizar o menor procedimento possível, pelo menor custo e o mais rápido possível.

Isso acontece porque as clínicas não tem a cultura de investir em marketing odontológico e como consequência não fazem pesquisa de mercado. Por não saberem o que o cliente final pensa do serviço de odontologia, erram feio o alvo. Resultado: clínicas lindas, com profissionais top de linhas, “matando cachorro a grito”.

Não seja ingênuo, sem pesquisar e ouvir a voz mais importante do seu negócio, a do cliente, você estará navegando em um mundo sombrio e sem muitas perspectivas de futuro.

4 - Monte sua PUV – Proposta Única de Valor

Agora que você conhece sua realidade interna, seu mercado e os interesses do seu cliente ideal, você precisa montar o seu negócio odontológico de um forma que seja totalmente atraente e aderente aos interesses desse cliente ideal.

Sua P.U.V ou proposta única de valor deve ser tão forte que venda por si mesma. Uma P.U.V. deve conter os seguintes elementos:

1 – A principal dor do seu cliente ideal – Dor aqui quer dizer principal problema. Por exemplo: se o seu foco são pacientes de ortodontia e eles são adultos que não gostam de aparentar que estão usando aparelhos ortodônticos e precisam de resultados rápidos (tai um nicho muito específico e rentável), na sua P.U.V. deve estar claro esse direcionamento.

2 – Como você resolve o problema. Voltando ao exemplo acima, provavelmente você poderia resolver o problema desses pacientes com alinhadores do tipo Invisalign, etc.

3 – Prova de que você resolve. Um bom exemplo de prova, ainda trabalhando com o exemplo acima é contabilizando o número de pacientes que você já tratou com a solução acima. Exemplo: “mais de 500 pacientes atendidos”.

A P.U.V. como dito é uma declaração única e distinta que deve ser montada para um grupo único e distinto de clientes que valorizam um grupo único e distinto de atributos.

Não tente fazer uma P.U.V. do tipo “tudo para todo mundo”. Isso não funciona.

Conclusão

Investir em marketing na odontologia é uma necessidade. Por que? Porque o cliente mudou, o mundo mudou e você deve mudar também. Não veja a odontologia somente como uma profissão da área de saúde. Ela esta cada vez mais se tornando um negócio da área de saúde. Se esse conceito te incomoda, não reclame comigo, sou apenas o portador de uma mensagem de mercado!

Se você acredita que deve investir em marketing na odontologia e busca uma empresa de marketing para dentistas séria e formada por profissionais com experiência prática e única no Brasil em marketing odontológico, ligue para nós ou mande sua mensagem. Vai ser um prazer conversar com você.

Sênior Marketing

Empresa de marketing para dentistas

#empresademarketingparadentistas #marketingodontologico #marketingdentistas

554 visualizações
Senior Marketing.png